Saiba como melhorar o marketing da sua PME

Saiba como melhorar o marketing da sua PME

Para pequenas e médias empresas parece impossível investir em marketing. A verdade é que nestes casos as estratégias de publicidade podem gerar resultados relativos maiores que os das grandes corporações. O marketing é a sua conexão com o mundo, mas você sabe como melhorar o marketing da sua PME?

Sem o marketing a comunicação com o público torna-se difícil e lenta. Por isso, entender como esta especialidade da comunicação funciona pode ser o diferencial que o seu processo de trabalho precisava. Aprenda então algumas dicas de como melhorar o marketing da sua PME e começar a ver os resultados em pouco tempo.

Aprimore o marketing com benchmark

O benchmarking é a prática caracterizada pela busca de referências. Seja entre os diferentes players do seu mercado, entre empresas que você admira, ou outras que tenham histórias parecidas com as suas. O objetivo principal do benchmarking é promover a inovação, por isso todas as fontes de inspiração são bem-vindas.

Produtos e serviços inovadores tendem a conquistar mais espaço de atenção do público e meios de comunicação. Portanto, faça benchmark e entenda como a sua empresa pode potencializar seus esforços em marketing.

Invista em uma agência qualificada

Como melhorar o marketing sem o conhecimento necessário internamente? Contratando fornecedores. As agências vivem imersas na internet, por isso entendem seus mecanismos e a forma de usá-la ao seu favor. Investir em uma agência qualificada e preparada para atender às suas necessidades é fundamental para que as suas estratégias de marketing sejam bem-sucedidas. Elas podem não concordar com você todas as vezes, mas com certeza têm seu foco exclusivo no sucesso do seu negócio.

Realize a análise SWOT

A análise SWOT é facilmente aplicável em diversos setores da empresa e modalidades de negócios. Seja como ferramenta de melhoria de processos internos, ou para melhorar o marketing, ela fornece informações cruciais sobre a sua empresa. Funciona da seguinte forma: em um quadro são separados forças, oportunidades, fraquezas e ameaças.

A partir dos conceitos estabelecidos serão identificadas soluções sobre como melhorar o marketing da sua PME. Este trabalho pode ser desenvolvido internamente ou com o auxílio da sua agência de marketing digital.

Segmente o seu mercado

Em momentos de crise, a segmentação do mercado é fundamental para a sobrevivência da empresa. Isso porque pequenas e médias empresas têm limites muito claros de produção e distribuição dos seus produtos, assim como raio de atendimento dos seus serviços.

Segmentar o mercado facilita o desenvolvimento da sua estratégia de marketing. Você investirá menos dinheiro e terá como retorno um público de qualidade, que se identifica com a filosofia da sua empresa. Soluções de curto, médio e longo prazo, como melhorar o marketing da sua PME, envolvem um conhecimento profundo sobre o seu público e como ele enxerga a sua marca.

Melhorar a estratégia de marketing da sua PME começa com a contratação de uma agência digital competente e alinhada com seus objetivos. A partir daí é importante traçar um planejamento estratégico que elenque táticas específicas para cada objetivo estabelecido.

Investir em pesquisas pode ser uma boa tática, mas nada como o relacionamento criado via canais digitais para fornecer as melhores informações sobre o seu público, suas necessidades e como eles esperam que a sua empresa solucione os seus problemas.

Está pensando em melhorar suas estratégias de marketing? Confira como o marketing digital pode ajudar! Aproveite também para seguir nossa página no Facebook e ficar por dentro de todas as novidades do marketing!

Aprenda a montar estratégias de marketing B2B infalíveis

Aprenda a montar estratégias de marketing B2B infalíveis

3fTrabalhar em uma estratégia para conquistar e cativar seus clientes é o maior desafio de qualquer empresa. Mas, quando os seus clientes são outras empresas, a dedicação e o esforço nessas estratégias devem ser ainda maiores.

No cenário B2B (empresas que vendem para outras empresas) os processos de venda são mais complexos e demandam, muitas vezes, um melhor conhecimento e estudo do mercado que você e sua equipe vão atuar.

Se você tem enfrentado dificuldades para conquistar mais clientes nesse campo, este artigo vai ajudar. Reunimos algumas dicas para você montar estratégias infalíveis e eficientes para o marketing B2B da sua empresa. Confira!

Melhore o relacionamento com seus clientes

Não importa se você trabalha com B2B ou B2C, a grande verdade é que, ao falar em marketing, sempre temos que ter em mente melhorar o relacionamento com o nosso cliente final. Isso significa ser capaz de se dedicar para entregar o melhor serviço ou produto para eles, sem deixar de pensar também em tornar o pré-venda e pós-venda etapas tão importantes quanto o momento da venda em si.

As empresas que conseguem criar essa conexão com seus clientes em qualquer etapa da jornada de compra, são as que contam com os melhores resultados, não somente na estratégia de marketing, mas no faturamento ao final do ano. Por isso, é cada vez mais comum observarmos o investimento e a contratação de profissionais especialistas em sucesso do cliente — o famoso Customer Success.

Eles serão os responsáveis por manter essa ligação com o cliente durante todo o processo de venda — desde a sua chegada até um possível encerramento do relacionamento — oferecendo suporte e feedback sempre que necessário.

Venda a sua experiência no mercado

Uma das falhas de empresas que trabalham com marketing B2B, mas que não conseguem os resultados esperados, é não se lembrar de vender a sua experiência e reconhecimento no mercado em que atuam.

Diferentemente de clientes de estratégias B2C, as empresas gostam e procuram comprar a expertise, o nome do seu negócio, sem muitas vezes se preocupar com o valor de investimento que isso pode demandar.

É por esse motivo que, ao trabalhar no mercado B2B, você precisa apresentar esse diferencial e se colocar no mercado como a empresa capaz de oferecer as soluções necessárias e minimizar as possíveis dificuldades ou problemas que seus clientes estão enfrentando na sua rotina. Você vai perceber que os resultados serão melhores a partir do momento que começar a se posicionar de maneira diferente.

Conheça o custo dos seus leads

Outro cuidado importante para empresas que trabalham com estratégias de marketing B2B é conhecer exatamente o valor que suas ações estão tendo, quando cruzadas com o volume de leads que ela tem trazido para o seu negócio.

O Custo de Aquisição de Cliente (CAC) é o indicador que ajuda a acompanhar o valor desse investimento realizado pela equipe de marketing, permitindo que seja avaliado se ele está refletindo em um maior número de clientes para o seu negócio. É a partir dele, inclusive, que será possível definir quais investimentos podem ser mantidos, quais devem ser alterados e se você precisa, talvez, repensar toda a sua estratégia.

Conte com uma equipe de especialistas para lhe ajudar

Para empresas que não contam com uma equipe grande de profissionais para tomar todas as decisões e realmente guiar o negócio nesse universo valioso que é o marketing, a melhor opção para conseguir criar uma estratégia B2B eficiente é contratar especialistas nesse tipo de atividade.

As agências de marketing contam com um time de profissionais capacitados que poderão ajudar a sua empresa a ter uma melhor visão das ações que precisarão ser tomadas para se posicionar de maneira mais eficiente no mercado, conquistando cada vez mais clientes.

E você, já tinha montado alguma estratégia de marketing B2B antes? As dicas que preparamos foram úteis para o seu negócio? Conte para a gente! Compartilhe suas dúvidas e experiências conosco!

O que é automação de marketing?

O que é automação de marketing?

Realizar ações de marketing efetivas e estratégicas, ainda mais no ambiente digital, é algo fundamental para a empresa nos dias atuais. Porém, a forte competição exige que todas elas sejam bem planejadas, executadas e aferidas.

A tecnologia, nesse sentido, pode ajudar grandemente. Em vez de fazer com que tudo seja manual, é possível aproveitar a automação de marketing na busca por resultados mais relevantes. Para entender mais sobre como isso funciona, fique por dentro a seguir do que se trata a possibilidade. E confira como ela pode ajudar!

O que é a automação de marketing?

A automação de marketing corresponde à união de processos tradicionais de marketing à tecnologia. Tarefas que antes eram cumpridas manualmente passam a ser executadas de maneira maquinalmente, a partir dos parâmetros definidos previamente.

É o caso, por exemplo, do envio de e-mail marketing. Se antes eram utilizadas apenas as plataformas de disparo, com a automação é possível qualificar os contatos de acordo com as ações. E, a partir daí, oferecer uma atuação incrivelmente personalizada.

Imagine que um cliente deixe de abrir os e-mails por um determinado período. Os recursos de automação podem enviar uma mensagem de reativação para saber se a pessoa ainda está interessada em se manter na newsletter.

Como ela funciona?

Para implementar aquela possibilidade em seu negócio é preciso, em primeiro lugar, contar com uma solução de automação. O adequado mapeamento de todos os pontos de contato com a oportunidade ou lead vem em seguida, definindo que aquela é, de certa maneira, uma pessoa de interesse.

A partir daí, devem-se configurar os parâmetros de atuação. É o caso de definir quais ações serão tomadas e qual é o gatilho para que uma ação seja realizada. Feito isso, a ferramenta vai automatizar tarefas diversas ligadas à execução das estratégias de marketing, de modo a gerar resultados mais consistentes.

Para que serve essa automação?

É importante compreender que esse tipo de atuação não serve apenas para o marketing em si, mas também para as vendas. Estando no mundo do smarketing ou vendarketing, é cada vez mais comum unir esse setor à área de vendas.

A automação exibe como um dos principais objetivos facilitar a interação do time comercial com contatos. A partir da qualificação dessas oportunidades, o setor poderá enviar pessoas muito mais preparadas para a compra. Além disso, ela oferece outros benefícios como:

Aumento de produtividade

Visto que as ações se tornam automáticas, elas levam menos tempo para ser realizadas. Isso faz com que haja um aumento da produtividade de todo o setor — e, também, da área comercial do empreendimento.

Melhor aproveitamento de oportunidades

Outra questão é que passa a haver um melhor uso das oportunidades. Se as ações são feitas manualmente, há riscos de que um profissional não observe o potencial de um lead. Com a automação de marketing, as chances de isso acontecer são praticamente nulas.

Análise estratégica de resultados

A ferramenta responsável por essa atuação também oferece resultados estratégicos. São relatórios e análises que mostram qual é a efetividade as ações, permitindo uma tomada de decisão muito mais satisfatória.

A automação de marketing é um elemento para tornar a atuação mais competitiva e com mais resultados. Dessa forma, vale a pena considerá-la dentro da estratégia.

Ficou com alguma dúvida sobre esse tema ou gostaria de acrescentar algo? Não deixe de comentar e participar

5 dicas para fazer sua PME prosperar na crise

5 dicas para fazer sua PME prosperar na crise

8f

Para as pequenas e médias empresas, a economia em recessão é um risco alto. Isso porque os recursos para driblar a crise parecem limitados à primeira vista. Mas é importante perceber que para essas empresas existem oportunidades que são estão disponíveis para os grandes empreendimentos. Se por um lado a competição parece aumentar, a proximidade com o seu público e a resposta rápida às suas necessidades são um diferencial para as pequenas e médias empresas. Confira cinco dicas para fazer sua PME prosperar na crise.

Conheça o mercado

É importante aproveitar esse momento de recessão para conhecer profundamente o seu público, quais são as suas necessidades e anseios, e como eles estão sendo sanados por todos os players do mercado. Seus produtos e serviços devem manter-se relevantes mesmo em momentos de contenção de gastos. Uma boa forma de conhecer seu mercado ainda mais é escutar clientes e equipe, absorver as críticas e as ideias. Avalie como você pode prosperar na crise escutando os seus stakeholders.

Invista em marketing para prosperar na crise

Henry Ford uma vez disse que se tivesse apenas um dólar, ele seria investido em publicidade. De nada adianta desenvolver um produto com maestria se o seu público não souber de sua existência.

Neste sentido, o marketing digital é a solução ideal para sua PME prosperar na crise. Isso porque o investimento é direcionado para o seu público específico ao invés de ser pulverizado como na grande mídia. A curto prazo é possível investir em anúncios nos motores de busca e redes sociais. Já a médio e longo prazo, é importante focar na presença digital de qualidade por meio do inbound marketing.

Procure uma agência especializada em marketing digital, certifique-se de que a sua PME está sob os cuidados de quem conhece a internet.

Boas ideias não caem do céu

A inovação é o grande trunfo para sua PME prosperar na crise, mas boas ideias não são espontâneas. Para tanto, é fundamental que você busque inspirações e conhecimentos de fontes diferentes. Pesquise tendências e comportamentos, procure entender como o seu negócio pode melhorar a vida das pessoas. Acima de tudo, agregue valor ao seu produto.

Controle gastos, mas mantenha a qualidade

São momentos como esse que forçam os administradores de pequenas e médias empresas a reavaliar sua planilha de custos. Procure avaliar quais despesas podem ser reduzidas ou negociadas. Lembre-se que os fornecedores enfrentam a mesma crise e estarão abertos a negociações.

Acima de tudo, para prosperar na crise é preciso fidelizar os clientes e isso só será possível quando ele, consciente na situação econômica, perceber que não existem perdas qualitativas no seu produto ou serviço.

Evite dívidas e preserve suas reservas

O aumento da taxa de juros é intrínseco às crises. Por isso, endividar-se no momento de crise não é uma boa ideia. Parece contraditório dizer para não procurar ajuda dos bancos e não alterar as reservas.

Mas a verdade é que seu fluxo de caixa é a sua principal arma de funcionamento a plenos vapores. Antes de tomar medidas como essas é importante ter tentado todas as outras alternativas.

Fazer sua PME prosperar na crise é uma questão de sobrevivência e de conhecimento de negócios. Apenas o profundo conhecimento sobre o negócio, mercado, público e finanças combinados poderão prover a melhor solução para a sua PME.

A inovação é proveniente de situações adversas e ideias inusitadas. Esteja aberto ao novo e adapte-se sempre.

Restou alguma dúvida sobre como a sua PME pode prosperar na crise? Comente aqui embaixo, sua dúvida pode ser a mesma de outras pessoas. Vamos enriquecer essa página juntos!

Saiba como gerenciar efetivamente o marketing de sua empresa

Saiba como gerenciar efetivamente o marketing de sua empresa

 

 

4f

O marketing de uma empresa é, muitas vezes, considerado a alma de um negócio. É essa área, em grande parte das vezes, que consegue movimentar o faturamento, posicionar a marca da empresa no mercado e, é claro, atrair novos clientes.

Apesar de ser uma parte essencial de qualquer empresa, de grande ou pequeno porte, nem sempre fazer o gerenciamento da atividade da equipe de marketing é uma tarefa tão simples quanto parece. É preciso, antes de tudo, ter organização, planejamento e muita dedicação para fazer com que os objetivos das estratégias sejam alcançados.

Se você está começando a montar o seu time de marketing na sua empresa, ou está buscando por resultados positivos que ainda não foram alcançados, confira, nesse artigo, como gerenciar efetivamente essa área do seu negócio.

Conheça bem o seu negócio

O primeiro passo para colocar o seu marketing funcionando da maneira que ele precisa é, antes de tudo, conhecer bem o que é que sua empresa realmente faz.

Para poder obter essas respostas você pode iniciar essa pesquisa de uma maneira bem simples, buscando entender primeiro quais foram os seus objetivos ao abrir um negócio próprio: você queria um desafio novo? Queria ajudar seus clientes em alguma atividade específica? Tinha paixão por uma determinada atividade? Essas respostas podem lhe ajudar a compreender melhor sua história e traçar os verdadeiros objetivos da sua empresa.

Uma vez com essas ideias no papel, você tem um bom começo em mãos para desenhar o seu planejamento das estratégias de marketing ideais para o seu negócio.

Faça um estudo de mercado

Além de conhecer bem o negócio que você movimenta, para ter uma boa estratégia de marketing é preciso que você tenha total compreensão do mercado em que está atuando. Isto significa conhecer todos os detalhes dessa área que você está entrando: quem são os potenciais clientes, quais são os concorrentes, como é a procura por esse determinado serviço em sua região e quais são as oportunidades de crescimento dessa área no futuro.

O estudo de mercado, além de lhe dar essas respostas, pode lhe ajudar a compreender até mesmo se você está pisando em campos pouco explorados, ou até mesmo que ninguém explorou até o momento – o que poderia lhe sinalizar uma excelente oportunidade de crescimento ou fracasso, dependendo da demanda que você encontrar nessas pesquisas.

Para fechar o seu estudo de mercado, pode ser interessante fazer uma análise chamada de SWOT, que vai lhe ajudar a identificar:

  • (Strenghts) Os pontos fortes do seu negócio;
  • (Weakness) Os pontos fracos;
  • (Opportunites) Os cenários de oportunidade;
  • (Threats) As ameaças para o seu sucesso.

Trace os objetivos do marketing para a empresa

Com todo esse extenso estudo em mãos, é hora de realmente começar a colocar em prática o trabalho da sua equipe de marketing – e uma boa maneira de fazer isso é traçando os objetivos dessa atividade para sua empresa.

Alguns especialistas em negócios afirmam que o planejamento de marketing é considerado tão importante para a empresa quanto o estudo de mercado e a gestão financeira da mesma. Essa comparação acontece por que é esse planejamento que vai lhe ajudar a mergulhar no estudo de comportamento de compra dos seus clientes – com a definição da persona ideal, por exemplo – e entender até como seus concorrentes atuam para fisgá-los no mercado.

A partir desses conhecimentos, a equipe de marketing vai poder definir seus objetivos e metas que devem ser alcançadas com a ajuda de estratégias específicas que serão traçadas por eles. É exatamente nesse ponto que vocês vão começar a compreender onde devem atuar e se fazer presente para conquistar mais clientes, seja com a ajuda de estratégias de marketing digital, maior presença nas redes sociais, campanhas publicitárias ou qualquer alternativa que o seu time julgar como relevante para o público com o qual pretendem conversar.

Um cronograma vai ajudar a acompanhar essas ações e seus resultados – assim como seus responsáveis – que podem ser modificadas caso seja observado que não estão funcionando da maneira esperada.

Esse é apenas um esboço básico de como você pode iniciar uma estratégia eficiente de gestão do marketing da sua empresa. Uma alternativa para garantir que os resultados sejam realmente palpáveis e satisfatórios para o negócio, pode ser terceirizar este serviço para agências especializadas em marketing, que contam com a expertise e profissionais de diferentes áreas capacitados para criar e gerenciar estas estratégias.

Como você gerencia o marketing da sua empresa? Se identificou com alguma das situações acima? Compartilhe suas dúvidas e opiniões com a gente!

Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.

Show Buttons
Share On Facebook
Share On Google Plus
Share On Linkedin
Hide Buttons