Receba dicas grátis!

Boas práticas de e-mail marketing para manter uma boa reputação online

O Marketing Digital tem sido cada vez mais influente nos negócios empresariais. Empresas recém-construídas, ou até mesmo as mais antigas, sempre buscam aprimorar o modo como serão reconhecidas e como vão atrair os clientes certos, e que confiem em seu trabalho.

A melhor forma de divulgação hoje em dia passa por ferramenta on-line. E uma das mais eficientes é o e-mail marketing. Consiste na utilização do e-mail da empresa como um bom mecanismo de marketing direto, com posteriores análises gráficas e relatórios. O processo proporciona uma campanha mais direcionada e otimizada.

Que tal fazer um ótimo e-mail marketing? Veja a seguir algumas boas práticas para manter uma boa reputação on-line.

Não faça SPAM

O SPAM é visto como algo indesejável, em que não pedimos para receber aquele material. Mas sempre aparecem alguns e-mails indesejados em nossa caixa de correio eletrônico. Geralmente são ações promocionais ou propagandas de produtos de que não necessitamos e desconhecemos.

Para adotar boas práticas de e-mail marketing, o processo precisa ser bem diferente. Nesse caso, é essencial ter o consentimento do cliente, montando uma lista quente (chamada de ‘opt-in’) para receber informações relacionadas aos produtos oferecidos pela empresa.

Este consetimento pode acontecer de formar explícita, quando o cliente notifica a empresa, pelo preenchimento de um formulário, por exemplo. Mas pode ser algo implícito, quando há comum e evidente relação entre as partes.

O e-mail marketing também se diferencia do SPAM por permitir ao destinatário a opção de se descadastrar a qualquer momento da lista de envio pela qual recebeu o e-mail. Isso se chama “opt-out”.

O Código de Autorregulamentação para a Prática de E-mail Marketing diz que o remetente deverá disponibilizar ao destinatário sua política de Opt-out. Deve ainda informar o prazo de remoção do seu endereço eletrônico da base de destinatários, que não poderá ser superior a 2 (dois) dias úteis, quando solicitado diretamente pelo link de descadastramento do e-mail marketing; e 5 (cinco) dias úteis quando solicitado por outros meios.

Quer ter ótimas práticas de e-mail marketing? Vale a pena ler aquele documento.

Faça a correta mensuração de sua campanha

Há tempos a Internet vem sendo usada como fonte e renda para microempreendedores, médias empresas e até mesmo as grandes corporações, como a Apple e a Microsoft. Mas poucos sabem que uma das razões para o sucesso de uma campanha é a mensuração dos resultados.

Há métricas que devem ser continuamente conferidas. Uma delas é a taxa de abertura, que vai indicar quantos destinatários abriram (ou não) as mensagens.

O e-mail enviado normalmente orientará o leitor para fazer alguma ação. Por isso, a taxa de cliques também será importantíssima, de modo que você será capaz de entender se muitas ou poucas pessoas estão clicando em suas ofertas.

A taxa de rejeição corresponde ao fato de que muitos consumidores não reagem bem aos seus conteúdos. É necessário, portanto, mudar sua abordagem ou proposta, a fim de não lesar mais a reputação da empresa, sendo considerado inconveniente.

A taxa de cancelamentos é também relevante para entender a frequência e a quantidade de pessoas que abandonam sua lista de contatos.

Analisar correta e continuamente as métricas permite que você melhore a segmentação das campanhas e alcance maior retorno das iniciativas em e-mail marketing. Além de um melhor custo-benefício, você com certeza manterá a boa reputação online e vai aperfeiçoar as suas práticas de e-mail marketing.

Pense bem na linha do assunto

O e-mail não deve ser tão extenso. Mas, ao contrário, deve ser bem focado no assunto que você quer tratar. O leitor vai prestar mais atenção, diminuindo as chances de abandono dos conteúdos enviados.

O adequado desenvolvimento do tema permite que você tenha melhor resultado da taxa de cliques nos links de call-to-action (CTA). Isso porque o leitor vai entender perfeitamente sua linha de raciocínio e abordagem.

Seja breve e conciso.

Não se esqueça do design

Um visual ruim é pouco convidativo e não traduz profissionalismo para a sua mensagem. O design deve ser muito bem pensado, a fim de diminuir as taxas de rejeição e cancelamento.

O design ajuda que o destinatário encontre melhor os textos e facilita a leitura do e-mail. Não se esqueça de incluir imagens no corpo do e-mail.

Se preciso for, adote templates já feitos ou conte com a ajuda de agência especializadas na ferramenta, para que acentue as melhores práticas de e-mail marketing.

Ainda tem dúvidas sobre essa questão? Conte nos comentários e participe!

Adicionar comentário

Show Buttons
Share On Facebook
Share On Google Plus
Share On Linkedin
Hide Buttons